segunda-feira, 27 de abril de 2009

Mulheres Negras

As vezes parece que por todos os lados que olhamos só existe tristeza, só existem coisas ruins e não encontramos nenhuma saída, nos vemos cercados pelo sofrimento, pela angústia, pelo medo...
Nessas horas que eu digo: feche seus olhos, focalize o seu coração e tente olhar para dentro da sua alma. Imagine sua aura e sua energia percorrendo por todo o seu corpo... Um calor que sai de sua barriga e toma conta de seu corpo... Peça a Deus, que te indique novos caminhos, que te dê forças e incentivo para seguir em frente... Que ilumine seu caminho para que você possa encontrar um novo rumo. Agradeça pela sua vida. Peça que te ajude e você retribuirá o dom da vida da melhor maneira possível.
Tome consciência de que mesmo quando as coisas parecem ser as piores do mundo, sempre há uma saída... Pense que existem milhares e milhares de pessoas em pior situação que você e nem por isso elas desistem de viver.
Imagine quantas pessoas, neste exato momento, sofrem por não ter comida, não ter abrigo, não ter família...
Se espelhe nas velhas mulheres negras... Aquelas que mesmo levando aquela vida sofrida, no meio de tanta miséria, sempre mal-tratadas, enfrentando sol e chuva, continuam carregando roupas de alguém que nem conhecem na cabeça e por mais que a vida seja dura, continuam a cantar, dia-após-dia, sem se esquecer de seus filhos, seus maridos, sua família e amigos... E mesmo que com um boca que lhes falta até os dentes, nunca deixam de sorrir...
E porque elas sorriem? Porque elas conseguem tem um dom divino que a maioria não tem. Elas enxergam a simplicidade da vida e o amor em pequenas coisas, em pequenos gestos e por isso são mais felizes!
Lembre-se: as vezes o seu melhor caminho está logo ao seu lado. Basta querer enxergar. A vida não é tão complicada, somos nós quem a complicamos.

Por Tchezar

8 comentários:

  1. As coisas em geral não são difíceis, a mente humana é que cria as dificuldades(frase de minha autoria).

    ResponderExcluir
  2. quando eu acho q eu to no limite de alguma coisa
    eu paro e penso em uma coisa que vc cito..
    tem gente mto pior q eu, sofrendo mais q eu, e por motivos piores ,ou mais importantes,
    e ai o meu se torna fútil...
    eu gosto de pensar nisso,
    belo post!

    ResponderExcluir
  3. Verdade, nos complicamos muito
    tem gente que nao tem nada a vida e é muito feliz, e outros ricos que sao tristes

    ResponderExcluir
  4. Ai meu Deus! Isso foi pra mim, num foi?

    Me diz se isso não foi um sinal enviado por Deus através do teu blog!

    Meu Deus!

    Porque tenho feito isso. Nunca me vi tão perdida nessa vida...

    E tenho tanto medo, estou tão assustada, tô com tanda angústia aqui dentro.

    :'(

    OBRIGADA!

    http://espelhoinverso.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o blog! Vou segui-lo!

    ResponderExcluir
  6. legal seu blog, se puder: http://brunosass.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Gostei do texto, palavras fortes! Só não entendi pq "velhas mulheres negras", qdo sofrimento x força é algo pertencente essencialmente a qualquer ser humano, independente de etnia, religião, condição econômica e principalmente, física.

    ResponderExcluir
  8. Pois é... sofrimento x força é algo que faz parte de qualquer ser humano, independente de sua etnia, sim. Mas eu quis retratar que as mulheres negras são muito fortes. A maioria das pessoas, hoje, principalmente de classes mais altas, desistem facilmente de seus objetivos, de sua vida... Talvez a maioria das pessoas não tenham a humildade para abraçar a simplicidade e ser feliz sem precisar complicar sua própria vida...

    ResponderExcluir