quarta-feira, 6 de maio de 2009

Vida

Vida
Que de belas flores tens meus sentimentos
E de devaneios a mera alusão ao futuro
De canto em canto à singela canção
Em ápices de emoção
Do velho encontro ao novo desejo
O sabor da paixão em notas clássicas
O estranho frio que aos poucos aquece
Em pensamentos distantes, porém presentes
Na mistura consciente e inconsciente
O simples ato de amar

Por

20 comentários:

  1. Amar seria um ato simples consciente ou inconscientemente?
    Gostei muito da construção do poema.

    ResponderExcluir
  2. Até que enfim, depois de muito ler blogs, achei um poema que não faz alusão as tristezas.
    parabéns, seu texto é ótimo.
    sobrando um tempo, visite meu blog

    ResponderExcluir
  3. uffa ate que enfim um que num fale de tristeza...excelente poemaa,ameii o blogg..

    http://www.bolinhodevento.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Imagem e palavra em perfeita sintonia. Abraços e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
  5. Belíssimo o seu post. O simples ato de amar. O amor se descobre onde sou entregue ao ensinamento do meu coração, do momento, onde aprendo como amar, como dar o meu amor, como me entregar e não me enganar. É uma lição amar, e essa lição não tem fim, porque? No amor verdadeiro não existe ponto final, ou será que existe. Quando amo não sou eu o professor do amor, mais sou um aluno do amor. Preciso aprender, preciso sofrer, preciso viver e aprender o simples ato de amar!

    ResponderExcluir
  6. já tinha visto teu blog um amiga indicou teu blog
    vc escreve muito bem gosto disso que vc escreve

    http://teoriadopensador.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Bem legal! :)

    http://programasinteressantes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. lindo .. parabéns ..
    são poucos que consegue escrever "sentimentos" .. rs

    Abç.

    ResponderExcluir
  9. Mto lindo o texto!
    Parabéns pelo belissimo blog!
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. algumas elevações desta natureza a gente tem que simplesmente contemplar ...

    ResponderExcluir
  11. mto bom menn..parabennsss...

    o simples ato de amar *-*

    ResponderExcluir
  12. Mto bom...
    Lindo texto.. voce escreve muito bem...

    www.colunasdehercules.blogspot.com

    se puder me ajudar vote no TOP BLOG basta clicar no banner no meu blog... valeu

    ResponderExcluir
  13. Bem singelo o poema, mas muito profundo! Eu gostei, vou seguir seu blog, pra acompanhar de perto as suas criações!!!!
    Abraço e parabéns!

    ResponderExcluir
  14. Admirável quem compõe uma estrofe sequer, eu nao sei poetar uma vírgula.

    ResponderExcluir
  15. Ruim tomém. Mto ão com ão, mta obviedade, tomara q vc tenha um emprego rentável q nunca lhe deixe na mão, pq se depender de escrever...

    ResponderExcluir