quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Pétalas


Luz alta que de flores fizeste
A mais bela das canções
De brilho perolado, forte...
Singela e de simplicidade complexa

Tocais como pétalas de rosas
O coração daquele que mal respirava
Que agora sente o ar da paixão
Do aroma da dama-da-noite todas as noites

Que à luz das estrelas vem deleitar
Pelos caminhos claros já não ocultos
Do olhar do cavalheiro que se pôs a chorar
Toda manhã. quando a dama-da-noite parte
E as pétalas de rosa secam na campina
Ardendo pela paixão daquele que não queria mais amar


3 comentários:

  1. Esse texto me fez lembrar de uma flor que fotografei em Paraty (RJ)... Ela tinha o formato de uma estrela! Eis que me questionei porque não vi nada parecido pela internet... E por que foi necessário fazer aquela viagem para encontrá-la.

    Não quis a resposta objetiva, mas acho que entendi o complemento.

    http://espelhoinverso.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. cara vc tah bem?
    não pelo blog nem nada, mas manda notícias
    anda postando menos depois dos acontecimentos =/
    espero q esteja
    abraço

    ResponderExcluir
  3. Olááá! =)

    Não sei se vc gosta ou não...
    Mas tem selinho no meu blog pra vc tá?? Passa lá pra pegar se quiser!!

    =)

    beijooosss beijooosss
    http://www.caminhandoentrepanos.blogspot.com/

    ResponderExcluir